quinta-feira, 28 de janeiro de 2010

Loja Pronta Sala de Costura


Loja Pronta!
Mais um endereço para fazer suas compras!




[...]

A Locaweb tem um recurso gratuito para Lojas Virtuais.
O programa é bem fácil de usar e você pode customizar a aparência de sua loja do jeito que quiser.

Coloco a disposição de amigas, fãs e visitantes mais um endereço de compra de meus produtos.

Visitem: https://saladecostura.lojapronta.net

Continue lendo >>

Bargello


Mais uma história sobre técnicas de bordado e patchwork.

Eis o Bargello ou Ponto Florentino que consite em distribuir pontos retos em tamanhos variados de tal maneira que tomem uma forma ondulatória, devem cobrir lado a lado toda uma extensão, conforme o desenho escolhido.



[...]

Mas história vem da Itália, Florença, onde o castelo Bargello era uma caserna ou prisão, hoje é um museu de arte; o nome bargello designava o chefe de policia de Floença no ano de 1574.






Mas o estilo estendeu-se para outras áreas e chegou ao Patchwork onde maravilhosas obras de arte são construídas aproveitando a técnica.
Consiste em montar tiras com larguras que varia de todas iguais a diferentes medidas, juntá-las num bloco e cortar em larguras que quando rearumadas em linha, formem desenhos que dão essa sensação de movimento ondulatório.



Estou a elaborar meu primeiro Bargello, assim que ficar pronto posto a foto para vocês verem.
Por hora ofereço um link muito bom com um video excelente onde vocês podem acompanhar o passo a passo do corte e montagem de um modelo.

Vejam o video: Trip Around the Word - Bargello

Continue lendo >>

quarta-feira, 27 de janeiro de 2010

Modistas, costureiras, estilistas!

Já pensaram em um curso de modas à distância?









[...]



Então abram espaço na agenda diária e vejam se podem fazer esse curso que o SENAI Modatec de Belo Horizonte em parceria com o SENAI CETIQT do Rio de Janeiro estão promovendo, é um pós graduação de Especialização em Design de Moda e o MBA em Gestão Estratégica de Vendas para os Mercados da Moda e Têxteis.


Para maiores informações acesse o portal do SENAI: Faculdade SENAI/CETIQT

A informação que repasso vem do site: Indústria Têxtil - por Erivaldo Cavalcanti

Acho que minha amiga Marcela do blog, Corte e Costura , é que vai gostar!


Continue lendo >>

Lavar Jeans para quê?!

Nossa velha calça jeans que tanto trabalho dá para lavar e passar esta com os dias contados.
Em artigo publicado por Hugo Walter Poniwas em seu blog, comenta a inovadora idéia da empresaria Jandira Barone, da Tristar, que trouxe a novidade de um jeans que não necessita ser lavado e passado.

[...]

A idéia surgiru da necessidade em economizar água, e foi na feira sobre sustentabilidade em Berlim, no ano passado, que a empresária se inspirou.
Conforme o artigo o novo tecido "jeans" só precisa ficar 12 horas ou mais no freezer para sair limpinho.

Para ler mais sobre esse assunto acesse: http://www.poniwas.com
Cabeça de Cuia - Opção inteligente

Também leia mais sobre mercado têxtil em: http://textileindustry.ning.com






Continue lendo >>

terça-feira, 26 de janeiro de 2010

Etiquetas para sua marca

Essa é uma amostra das etiquetas que a Juliana confecciona.

Para identificar a sua marca e personalizar seus trabalhos veja o trabalho dela no endereço:
http://julianabacchicriacao.blogspot.com



[...]


E falando em etiquetas que valorizam nossos trabalhos é importante também lembrar das etiquetas e simbolos que normatizam todos os produtos texteis.

A Norma Brasileira NBR ISO 3758:2006 cuida de estabelecer as regras de cuidados e conservação de roupas.

O público-alvo são técnicos e administradores ligados a área textil de qualidade, desenvolvimento de produtos e do atendimento a clientes: empresas de fios, tecidos, etiquetas, confecção e lavanderias.

Quanto ao consumidor: informar e esclarecer sobre o produto que esta adiquirindo, como cuidar e conservar mantendo a qualidade e aparência.

Para conhecer a norma sugiro os links: Norma ABNT NBR ISO 3758:2006





Continue lendo >>

segunda-feira, 25 de janeiro de 2010

Bolsa para Notebook

Rosa




O Blog da Rosa é: http://rosaoliveira-arteemtecidos.blogspot.com
e é dela essa bolsa linda de patchwork nesse composê maravilhoso.

[...]

Ela tem mais coisas bonitas para mostrar, penso que vale a pena vocês conferirem!

Continue lendo >>

Patchwork

http://pattypinheiro.blogspot.com

Esse é o blog da Patrícia é uma moça muito aplicada que tem trabalhos lindos, úteis e bonitos.



[...]

Então deixo aqui o convite a minhas amigas, fãs e visitantes que também visitem e apreciem as artes da Patrícia.

Continue lendo >>

Bolsas

http://byraquelpatch.blogspot.com

Blog muito lindo da Raquel, ela confeciona bolsa em patchwork recomendo que visitem.

Continue lendo >>

Blog da Marcela

Olhem só que lindo vestido, modelo, combinação, comprimento...











[...]


Está muito lindo, Marcela!
Continue produzindo e fazendo moda.

Visitem: http://meusprojetosdecostura.blogspot.com/



Continue lendo >>

Concepção Existencial de Deus

Faço esse artigo, se assim posso chamá-lo, ensaiando um estudo pessoal sobre a Existência.
Não a prova final e contundente de um Deus Religioso, mas buscando uma estrutura confiável dentro da Filosofia e da Ciência para apoiar a cabeça e poder dizer que "Sou".




[...]

O livro é da Editora Paidéia que pertence a familia do autor e que não tem fins lucrativos, tem como objetivo divulgar a obra poética, filosófica e doutrinária, diponibiliza livros, artigos e palestras no site oficial da Editora, onde é possível fazer downloads de alguns livros do acervo além de outras informações interessantes como a disponibilização de bolsas de estudos para pesquisas e teses sobre o autor e sobre Allan Kardec.

Especificamente esse livro me chamou a atenção tendo em vista o momento atual, tanto no âmbito do individual quanto no coletivo.

Todo o planeta parece estar vivendo um grande momento de crise, por todos os lados em todos os Estados, Municípios, Países e povoados, surge nas manchetes com algum tipo de "sacudida", "abalo" ou "chamamento", seja à caridade, a solidariedade, alteridade ou altruísmo. Não importa! O notório é que também há os abalos íntimos e pessoais, mostrados nas manchetes de todos os dias: aqueles que levam mães a sufocar filhos, mulheres a calarem seus maridos, maridos que decidem sobre a existência de suas esposas, desconhecidos que se antipatizam e se descartam como lixos...

E os infortúnios ocultos?
Aqueles que cada um em sua solidão intima e pessoal remoem diariamente em convulsão silenciosa?

O Deus religioso, das procissões e das promessas onde está?

Definitivamente não sou ateia, tenho certeza intima da Existência de Deus, mas esse Deus nada tem de Pai Bondoso e solicito, é um Principio, é a Causa Primeira de todas as coisas e eu o vejo, vislumbro, exatamente pela Filosofia e pela Ciência.

Tal qual como J. Herculano Pires penso que permitir adulterações a obra de Kardec, bem como permitir que distorções se instalem dentro das intuições e da filosofia espírita é seguir o mesmo caminho do Cristianismo Ateu, da Teologia Radial, de todas as religiões do mundo.

No Livro a que me refiro, Herculano faz uma viagem por sobre o Tempo e de forma muito clara, um tanto rígida, e talvez até certo ponto - prepotente, mas lúcida e coerente, nos dá uma imagem do Deus Existente embutido em tudo que diz respeito ao homem e ao que não é do homem.

Todos que falaram sobre esse livro centraram-se na base de que o autor sustentou a hipótese da existência de Deus ancorada em nossa consciência, e mais que isso eu vi como um processo dialético entre razão e fé, entre o que é Verdade e o quê é fantasia da criação humana na tentativa de transforma Deus em algo manipulável e assim sendo obter poder sobre os humildes e fracos.

Nos seus 13 capítulos o autor discorre sobre o processo de entendimento da concepção de Deus dentre os principais pensadores da história humana, esse paralelo é a luz que intimamente precisamos para entender o mundo a nossa volta e o mundo particular e íntimos de cada um de nós.

Não está nos dogmas, nos ritos, nas promessas ou nas procissões, não está nos altares, nem nas encruzilhadas, mas na gênese da consciência humana que só se desenvolve, como ele assim escreve, quando da evolução geral, no desenvolvimento de nossas potencialidades quanto ao saber pensar, a impotência de nossa razão atual ainda nos leva a um conceito existencial materialista onde sem o Deus antropomórfico e as imagens dos santos ficamos como órfãos.
Deus existe não na realidade dos místicos, mas na realidade diária do Universo, nas deduções lógicas, nas descobertas científicas e nas experiências vividas de cada um em seu mundo pessoal e isso não é apenas consciencial é empírico quando fizemos da vida, de nós seres "Existentes", o eu "Sou", ou seja, transformamos a frase tão explorada do: "O homem a imagem e semelhança de Deus" em fato concreto - fizemos acontecer! Movimentamos os recursos naturais e possíveis de nosso meio em fonte potencial de sadio entendimento sobre o que é verdade, de quem somos nesse momento atual, do que desejamos ser, para onde queremos ir, em suma quem eu "Sou", sairmos da concepção do desejo imediato de nossas vontades adolescentes e crescer para a nova posição dentro da humanidade, agora como adultos que pelo exemplo e vivência se dá o luxo de errar, mas não mais ser o rebelde sem causa, e sim aquele que tem os pés no chão mas ciente de sua herança cósmica e extrafísica.

Para quem quiser saber mais veja: www.editorapaideia.com.br
Essa uma opinião pessoal sem interesse fundamentalista religioso, é um estudo pessoal em busca de mim mesma.





Continue lendo >>

sexta-feira, 22 de janeiro de 2010

Patchwork Free

Para quem deseje ter alguns projetos de patchwork com tudo explicadinho visite o site a baixo e aproveite todas as dicas.



[...]



http://www.sleepingbearcrafts.com/free-quilt-patterns-links.html

Continue lendo >>

segunda-feira, 18 de janeiro de 2010

Participe e concorra!

Toalha de Bandeja

Não podendo oferta um presente a cada fã e amiga que me visita, achei que seria mais que justo oferecer um sorteio.



[...]


A toalha foi criada para decorar uma bandeja, mas nada impede de ser uma toalha de mesa naquela hora do lanche.

Preencha o cartão virtual que se encontra logo abaixo da última postagem, seus dados serão preservados, e a sugestão que você der a este Blog será bem recebida.

Ao final da promoção avisarei por email a vencedora e seu prêmio será enviado via Correio.

Participe, inscreva-se, e boa sorte!
E obrigada por participar.





Continue lendo >>

Entrelace no impar

Nessa combinação o entrelace é feito no bloco de fios impar.







[...]

Veja que o fio sai da esquerda para a direita, o que não invalida que seja feito da direita para esquerda, também.

Nesse ponto o entrelace fica continuo.





Como fazer:
1- passe agulha e linha por sobre os 3 primeiros blocos de fios;
2- volte por baixo do 3º bloco, por cima do 2º e 1º blocos;
3- volte por baixo do 1º, por cima do 2º por baixo do 3º;
4- siga por cima do 4º e 5º bloco de fios;
- volte por baixo do 5º por cima do 4º e por baixo do 3º, por cima do 2º e volte passando a agulha e linha por baixo do 2º e do 3º bloco de fios, por cima do 4º e por baixo do 5º...
5- na seqüência repita como fez a partir do passo 4.


Continue lendo >>

Entrelace Duplo 4 x 4 desencontrado

Nessa outra bainha aberta o ponto é o Entrelace 4 x 4 feito desencontrado, e que chamei de 4 x 4 duplo.







[...]

No desenho ao lado temos o trabalhado sendo feito a partir da esquerda para a direita, o que não muda em nada o procedimento se você inicia-lo da direita para a esquerda.

Veja uma das carreiras é desencontrada da outra.


Para fazer esse entrelace duplo 4 x 4 siga da seguinte maneira:

- Passe agulha e linha por baixo dos 1º, 2º e 3º bloco de fios;
- volte por cima do 3º bloco de fios e por baixo do 2º e 1º blocos;
- volte agora, por cima do 1º, por baixo do 2º, por cima do 3º e por baixo do 4º bloco de fios;
- volte por cima do 4º bloco e do 3º bloco entre por baixo do 2º bloco e então puxe;
- reinicie até o fim da carreira.

Veja desenho em: http://saladecostura.blogspot.com/2009/08/entrelace-duplo.html


Continue lendo >>

Entrelace simples 2 x 2 duplo


Nessa bainha aberta o trabalho e feito em duas partes.






[...]

O desenho ao lado mostra o trabalho sendo feito apartir da esquerda para a direita, veja que deve-se seguir o mesmo proceder para o ponto entrelace simples 2 a 2 blocos de fios. Tanto pode ser iniciado pela direita quanto pela esquerda. Sendo que uma carreira deve ficar alternada em relação a outra.



Para fazer o entrelace simples proceda assim:

Começando da esquerda para a direita, passe a agulha e linha por baixo do 1º e 2º bloco de fios;
volte por cima do 2º bloco e introduza a agulha por baixo do 1º bloco;
puxe a agulha e linha por cima de ambos os blocos em direção ao bloco seguinte de fios e repita o mesmo proceder, 2 a 2 blocos de fios até o fim da carreira, veja: http://saladecostura.blogspot.com/2009/08/entrelace-simples.html

Na carreira 2 faça o mesmo proceder apenas desencontrando dos blocos de fios da carreira anterior.

Continue lendo >>

sexta-feira, 8 de janeiro de 2010

Loja Virtual

As carteiras e a bolsa de cinto está diponível para venda na Loja Virtual da Elo 7 ou no QueBarato.






[...]

http://www.elo7.com.br/saladecostura/

http://www.quebarato.com.br/saladecostura/anuncios/


Para encomendar entre em contato através de comentário ou email.

Continue lendo >>

Crazy - Carteira

Vejam que eu estava bem ocupada, tal como as madames da Era Vitoriana!





[...]

Aqui mostro a parte externa bem aberta.
Ela mede 30 cm x 22 cm.
Trabalhei com vários pontos básicos e combinados.



Aqui um detalhe.




A parte de dentro fiz em preto, um tecido bordado.
Tem um divisão com fecho a esquerda, no centro duas divisórias para notas e a direita lugar para 4 cartões e uma mini bolsinha para moedas.

Continue lendo >>

Ponto Caseado Duplo











[...]

Inicie como no ponto de casear comum mas antes de continuar o ponto jogue a linha para cima e enfie a agulha de baixo para cima, de tal forma que a agulha entre por cima da linha, veja em B.

Note que seguindo a numeração do desenho 2 fica bem claro. Abaixo fiz alguns pontinhos para mostrar como é possível diversificar.










Continue lendo >>

Ponto Caseado







[...]

Ponto de casear largo e junto.
Traga a linha de baixo para cima introduzindo a agulha na borda do risco ou aplicação, leve a agulha a uma certa distância para dentro do risco ou aplicação e fazendo um ponto reto para baixo com a linha por baixo da ponta da agulha, puxe o ponto para formar uma laçada e repita.


Continue lendo >>

Ponto Tricô Duplo










[...]

Nesse caso precisa que a linha seja dupla.
Introduza a agulha de baixo para cima, puxe e afaste de onde a linha saiu alguns milímetros, ou o tanto que deseje fazer o ponto, o tamanho dele, e enfie a ponta da agulha junto a saida.
Com a mão direita faça uma laçada e puxe. Repita com o fio da esquerda. Faça tantos quantos desejar afim de montar o ponto, intercalando laçadas da direita e da esquerda.
Puxe a agulha e linha e deixe correr por entre as laçadas, puxe até o final e deite o ponto sobre o espaço deixado, enfie a agulha e linha para baixo e recomece caso deseje fazer mais pontos.


Continue lendo >>

Ponto Tricô Solto








[...]



Nesse caso o ponto fica solto e o proceder na formação dele é basicamente o mesmo do Ponto Tricô diferindo no sentido de que se deve puxar a linha de baixo para cima, tirar a linha da agulha, enfiar a ponta junto ao ponto onde saiu a linha e pôr as laçadas como no tricô de tal modo que o fio da linha e as laçadas vá na direção do furo da agulha. Ponha quantas laçadas desejar, enfie a linha na agulha e puxe para o avesso. Repita quantas vezes desejar.
O ideal é usar a linha tipo Torçal.

Continue lendo >>

Ponto Tricô








[...]

Com linha na agulha, nesse caso o ideal é usar linha para bordar tipo Torçal, puxe a agulha de baixo para cima e faça um pequeno ponto junto a onde a linha saiu.
Com a mão esquerda (também pode ser com a direita) vá adicionando laçadas na agulha tal como se faz com o tricô, nesse caso coloquei 10 laçadas para formar esse ponto.
Puxe a agulha, a linha deverá passar por entre as laçadas e formar uma argolinha, puxe até o fim como no rococó, e leve a linha para baixo; repita tantas vezes desejar, seja para formar cachinhos como o de uvas, ou flores.
É um ponto usado no bordado crazy pois se adapta melhor com uma linha mais grossa.


Continue lendo >>

Ponto Cadeia Torcido







[...]


Puxe a agulha com a linha bem no centro desloque um pouco para a esquerda saindo abaixo do ponto de entrada, jogue a linha para a esquerda e faça a agulha sair por cima da linha, puxe e repita.
Para intercalar esquerda e direita, jogue a linha para a direita, saia com a agulha um pouco abaixo buscando a linha de centro e por cima da linha.

Continue lendo >>

Ponto Pé de Galinha








[...]

Este ponto consiste de três pontos retos de tamanho igual, partindo do mesmo lugar central - A.
Puxe a agulha em A e faça um ponto reto até B. Puxe a agulha novamente em A e faça outro ponto reto até C.
Repita novamente em D e puxe a agulha em E para começar os três pontos seguintes.
O ponto Central segue a linha do desenho.
O ponto pode também ser trabalhado em tecido para bordado sobre fios contáveis.

Continue lendo >>

Ponto Aresta Torcido






[...]

Puxe a agulha em 1 e mantenha a linha presa com o polegar esquerdo.
Faça um ponto inclinado para a esquerda, introduza a agulha um pouco acima do início (2), saia um pouco abaixo do inicio (3) de tal forma que a agulha e a linha passem por cima do fio estendido formando uma laçada torcida; puxe a agulha conforme mostrado em A.
Introduza a agulha entre o cruzamento da laçada anterior (4) e faça um ponto inclinado a direita (5), saindo um pouco abaixo, de tal forma que a agulha saia por cima da linha. Veja em B, formando uma nova laçada.
Introduza a agulha entre o cruzamento da laçada anterior (6), incline para a esquerda (7) fazendo a agulha cruzar por cima da linha veja em C.
Repita os movimentos B e C até o fim da linha do desenho e então arremate com um pontinho, como mostrado em D.

Continue lendo >>

Ponto Aresta Fechado







[...]

Nesse caso o ponto se desenvolve sobre uma linha imaginária tanto na horizontal como na vertical.
Diferente do Aresta normal, esse ponto é formado por pontos retos e diagonais.
Inicia da esquerda para a direita em 1 (A) segure a linha com o polegar esquerdo e em 2 (B) desça reto até 3 (C) tendo a agulha passando por cima da linha.
Deite a linha para a esquerda e para baixo enfie a agulha em 1 (A) e saia 5 (E).
Deite a linha para a direita e para baixo enfie a agulha em 3 (C) e saia abaixo dando continuidade ao ponto, agulha sobre a linha.

Continue lendo >>

Ponto Roseta











[...]

Inicie puxando a agulha com a linha num dado ponto (1) na linha imaginária superior direita,
jogue a linha para a esquerda, introduza a agulha em um ponto afastado alguns milímetros do ponto inicial (2) na mesma linha, saindo inclinado para a direita em (3) e forme uma laçada, leve a agulha até o ponto (1) passe o fio por dentro dele e saia para o ponto seguinte repetindo os passos como em (4) e (5).

Veja desenhos em A e B.

Continue lendo >>

Ponto Ostra








[...]


Semelhante ao Ponto Roseta, diferindo no sentido de que deve-se fazer mais juntinho os pontos iniciais, depois de passar agulha e linha por dentro do fio inicial jogue a linha para esquerda e contorne, introduzindo a agulha no inicio.






Saia abaixo do ponto de tal maneira que a linha passe em baixo da agulha quando ela sair. Passe a agulha e linha para baixo. Arremate ou passe ao ponto seguinte.



Continue lendo >>

Ponto Mosca








[...]


Puxe a agulha com a linha a partir do alto á esquerda, segure e prenda a linha com o polegar esquerdo como a formar uma alcinha; introduza a agulha á direita no mesmo nível a uma pequena distância de onde a linha saiu e faça sair à agulha no centro de tal forma que a linha cruze por cima e para baixo prendendo a alcinha.

Reinicie conforme foi explicado.

Este ponto pode ser feito individualmente ou em carreiras horizontais.

Continue lendo >>

Ponto Aresta Cabelo Novo


Maidenhair Stitch





[...]

Neste Aresta Cabelo Novo partimos de um ponto central 1, segura a linha com o polegar esquerdo carrega a agulha até 2 a esquerda, faz sair em 3 com a agulha por cima da linha, seguindo uma linha imaginária central.

Segura a linha com o polegar esquerdo, sai em 4 ainda a esquerda um pouco abaixo, mais comprida. Faz a agulha sair novamente na linha central, em 5, segura a linha e faz mais uma laçada para a esquerda e volta ao centro 6 e 7.
Jogue a linha para a direita, em 8, segure e faça agora as laçadas para o lado direito.
Repita.

Continue lendo >>

Crazy - Carteira Pequena

Vejam que me empolguei e fui criando.
Comecei por peças pequenas para treinar os pontos e testar a minha capacidade de unir retalhos em "louco".



[...]


Fechada como na foto acima ela mede 12 cm por 10cm e aberta como na foto ao lado fica com: 30 cm x 10 cm.
Tem um espaço para 2 cartões do lado esquerdo, uma pequena bosinha interna para moedas e uma particição para pôr notas abertas e uma aba que protege tudo.


Nessa foto tem uma vista dela fechada.



Ao lado fiz um pequeno esquema de como montei a carteira caso vocês queiram aproveitas a idéia.







Os pontos que empreguei na decoração forma basicamente:

- Ponto Margarida
- Ponto Aresta Cabelo Novo
- Ponto Mosca
- Ponto Ostra
- Nó Francês

E outros que formam uma combinação entre estes pontos básicos.


Continue lendo >>

Crazy - Bolsa de cinto

Então num desse ataques de achar que já posso me mostrar, eis minha bolsa Crazy para ser usada no cinto da calça.

Ficou invertida em relação ao modelo original mas fiquei muito feliz na confecção dela, foi muito instrutivo, muito gratificante.



[...]



Na foto ao lado temos a bolsinha aberta, ela é bem pequena, feita para levar um celular, algum dinheiro, talvez um lencinho e até quem sabe um cartão.



Aqui você tem o molde em tamanho natural.






A foto ao lado mostra parte da revista de onde retirei a idéia .
No modelo a criadora, Barbara Sheppard, criou a peça a partir de gravatas.


Continue lendo >>
Design by Sala de Costura ^
BlogBlogs.Com.Br